Inajar já deu o papo: “Xô, preconceito”!

Por Lucas Ribeiro


Senhoras e senhores, sejam bem vindos ao BLOG da KING SPORTS. A partir de hoje, vamos trazer conteúdos semanais sobre o universo da King Sports, que vai desde o e-games até o imenso mundo do futebol de várzea.


Para começar, vamos falar do orgulho mais recente da King Sports, a campanha de enorme sucesso do Inajar de Souza, o “Xô, Preconceito!”. Tema do enredo do carnaval de 2022 do Bloco Carnavalesco do Inajar, o combate ao preconceito expandiu o território do carnaval e entrou na coisa mais sagrada do Inajar: o uniforme de jogo.

“O Inajar de Souza é uma agremiação quem possui em seu DNA a luta contra o racismo e apoio pela inclusão de pessoas com todas as qualidades em todos os lugares, ou seja, procuramos sempre contribuir para uma sociedade livre de preconceito e discriminação”, diz Ricardo Boga, mais conhecido como ‘Magrão’, Diretor de Esportes do Inajar.



“O Inajar de Souza é uma agremiação quem possui em seu DNA a luta contra o racismo e apoio pela inclusão de pessoas com todas as qualidades em todos os lugares, ou seja, procuramos sempre contribuir para uma sociedade livre de preconceito e discriminação”, diz Ricardo Boga, mais conhecido como ‘Magrão’, Diretor de Esportes do Inajar.


O Diretor, Douglas Cordeiro, o “Dodô”, “O Bloco Carnavalesco Inajar de Souza sempre teve como conceito o apoio a diversidade e inclusão social, acreditamos que através das nossas ações podemos combater e incentivar as pessoas a respeitar as diferenças. O tema sempre se faz presente no dia a dia do nosso bloco e tivemos a ideia de mais uma vez deixar claro e marcar a nossa posição quanto a discriminação através do nosso samba e em reunião da nossa diretoria (Presidente do Bloco Nego, Bicó, Flavão, Dodô, Willian, Jorge, Barriga e Magrão) surgiu a ideia do tema “Xô Preconceito” que estaremos levando para a avenida no carnaval de 2022. Bob Marley acreditava que podia curar o racismo e o ódio literalmente. Injetando apenas música e amor na vida das pessoas, nós do Inajar de Souza também acreditamos nisto”, conta o Diretor.


Em meio a disputa das Olímpiadas, onde a discussão sobre o respeito a ideologia de gêneros nunca foi tão intensa, a KING SPORTS reitera, junto do Inajar de Souza, a importância de se combater a discriminação que assola a sociedade em pleno século 21.



‘Xô, Preconceito!’ pelo Brasil afora


Combater todas as formas de discriminação e preconceito foi um recado muito forte. Tão forte, que ganhou espaço em meios de comunicação de todo o país. A maior de todas, sendo a matéria do Globo Esporte de São Paulo, com mais de seis minutos de duração, mostrando a realidade que a comunidade da Divineia enfrenta. O programa 'É de Casa', também da Rede Globo, mostrou outro ângulo do 'Xô, Preconceito!'.


Mas não foi apenas a Rede Globo que repercutiu o Inajar. TV Band, Folha de São Paulo, UOL, YAHOO, Rádio Cidade (Criciúma-SC), Prefeitura de Goiânia, Jornal O Popular, entre outros. "Estamos extremamente felizes e honrados com a repercussão que o lançamento da camisa do Inajar de Souza teve. É fundamental que este debate esteja presente e que a conscientização atinja o maior número possível de pessoas. Quanto mais gente engajada no debate, maior a força que teremos para poder lutar pela igualdade. E eu, particularmente, mando um recado aos homens brancos, héteros e privilegiados que acham que eles não tem um papel importante nessa história: o combate pelo racismo e preconceito não é somente daqueles que se sentem ofendidos e oprimidos. A sociedade precisa que vocês se posicionem a favor neste debate, para que a causa tenha ainda mais abrangência e conscientização", afirma Magrão.



Orgulho de ter feito história


Mais do que ter feito sucesso, o prazer de ter deixado um legado muito forte, sendo pioneiro no futebol de várzea foi o mais impactante para a King Sports, junto com o Inajar de Souza. Colocar no uniforme de jogo, algo que ninguém tinha coragem de ter feito, mesmo dentro do futebol profissional, é motivo de orgulho para todos nós.

"Essa campanha do "Xô Preconceito" foi muito especial pra nós, a King Sports sempre busca algo diferente, mas o que o Inajar propôs fazer nenhum time profissional, muito menos de várzea fez, preconceito contra diversas causas, é um tema que ninguém aborda, foi uma honra fazer parte desse projeto.", conta Isaque Queiroz, responsável pelo Marketing da King.


Magrão conta que “A ideia de trazer este tema para o nosso uniforme surgiu quando a nossa fornecedora de material esportivo, a King Sports, disse que para lançar novos modelos de camisas retratando a história do time. Seria uma camisa conceitual com as conquistas do Inajar. Assim, dado ao preconceito estrutural existente em nossa sociedade resolvemos, ao invés de retratar no nosso novo uniforme as nossas conquistas dentro das 4 linhas, por optar e confeccionar uma camisa “conceito” voltada para o nosso povo, para a nossa luta de conscientização contra o preconceito e a discriminação é, talvez, inspirar outras equipes da várzea a nos acompanharem nesta luta do “Xô Preconceito”.




0 visualização0 comentário